Paula Azevedo concede reajuste salarial de 33,24% para professores da rede municipal

De uma coisa os moradores de Paço do Lumiar não podem reclamar, Paula Azevedo tem atuado com excelência e dedicação pela educação da cidade.

Quase todos os movimentos realizados pela Prefeita de Paço do Lumiar nos últimos meses centralizam-se em valorizar a categoria que agonizava há anos por direitos básicos como progressões, reajustes salariais e muitos outros benefícios.

A última de Paula da Pindoba foi nada mais nada menos do que o projeto de Lei em prol do reajuste salarial dos professores de 33,24%, a PL foi encaminhada para a Câmara no dia 23 de março, na sexta-feira (25) foi votado o regime de urgência e nas próximas semanas já deve ser votado e encaminhado para sansão da prefeita. De fato os professores tem tido as demandas históricas atendidas, mudando a realidade e o destino da educação e o rumo da cidade.

O tempo de descaso, humilhação e desonra dos professores luminenses acabou, e isso se ver no pagamento das progressões (com retroativos), do abono do FUNDEB, além das ações em prol do retorno das aulas.

A vacinação dos estudantes da cidade é assunto na cidade devido o empenho que a prefeitura tem feito para alcançar cada estudante, realizando vacinação em escolas de forma itinerante. O combo saúde e educação continuam sendo pauta no gabinete de Paula da Pindoba! Nas últimas semanas também foram realizados o transporte escolar e a distribuição dos EPIS (Equipamentos de Proteção Individual) para garantir maior segurança no retorno as aulas.

Como alguém que olha para o futuro, Paula Azevedo, a Paula da Pindoba, investe na educação, na valorização das pessoas e no reconhecimento aos profissionais da educação. Segundo relatos da própria Paula da Pindoba, quando estudava ela sentiu na pele o que foi não ter uma educação de qualidade tendo que ir para uma escola longe de casa, com pouca estrutura e com total desvalorização dos professores.

Visionária, Paula desenha um futuro para os luminenses onde a educação é o pilar de uma economia, saúde e desenvolvimento vindouros.

Agora fica o questionamento: quem pode parar alguém como Paula? Qual será o próximo passo dessa mulher incansável?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.