Arraial do Ipem encerra com gosto de saudade

Centenas de atrações juninas passaram pelo local em 30 dias do São João do Maranhão

Foram 30 dias de festa. Trinta dias de alegria, de diversão, de entretenimento. Trinta dias em que a cultura maranhense foi elevada à mais alta potência. Trinta dias em que o artesanato, a comida típica, as gostosuras da culinária maranhense ficaram a serviço da população. Trinta dias em que os grupos juninos mataram a saudade de apresentar a sua cultura para o público ver.

O arraial do Ipem, situado no bairro Calhau, encerrou com brilhantismo, nesse domingo (10), em uma noite repleta de cultura e de representatividade da tradição junina maranhense.

Mas não foram só as atrações juninas que mataram a saudade do São João nesses 30 dias de arraial, mas principalmente o público, que foi presença garantida em todas as noites. Segundo a coordenação do evento, pelo menos 20 mil pessoas passaram diariamente pelo local. Por dia, apresentaram-se 7 atrações, além do Espaço do Forró.

“Foi maravilhoso. Um espaço bonito, organizado, cheio de coisas para fazer, para ver, para comer. Eu amei. Nossa família veio pelo menos umas quatro vezes aqui, e vimos muitas atrações bonitas. Estávamos com saudades”, disse a estudante Fabiana Costa.

A família que veio do Rio de Janeiro se encantou com as atrações da noite. “É a segunda vez que a gente vem nesse arraial e é sempre tudo muito lindo. O São João do Maranhão está de parabéns”, disse a carioca Maria Júlia Pinho.

Para o secretário de Estado da Cultura, Paulo Victor, a sensação é de dever cumprido. “O Arraial do Ipem encerra hoje (10), após 30 dias de muita alegria, valorização da nossa cultura, geração de emprego e renda, respeito ao público, uma equipe entregue, e tudo deu muito certo desde o primeiro dia. E o São João vai continuar, pois retomaremos as festividades juninas a partir do dia 14 de julho, no Shopping da Ilha. Seguimos todas as diretrizes do governador Carlos Brandão, que nos confiou e nos entregou essa missão honrosa, e vamos permanecer cumprindo com muita dedicação”, disse.

Espaço variado

O arraial do Ipem abrigou uma temporada junina inesquecível e pensada em todos os detalhes.

Para as crianças, teve a Área Kids, com programação e diversão especial para a criançada.

No Barracão do Forró, dezenas de grupo de forró deixaram a sua marca e botaram o povo para arrastar o pé.

Pelos palcos (principal e alternativo) passaram centenas de grupos juninos e artistas

Na parte da gastronomia, foram montadas 26 barracas de comidas típicas, uma praça de alimentação com 10 food bikes, 12 food trucks, 4 restaurantes, além da vila do chopp.

E no arraial, quem foi em busca da produção artesanal maranhense, encontrou as barracas de artesanato e produtos feitos pela nossa gente nas 8 barracas disponíveis.

Cultura, gastronomia, música, bebidas e também diversão não faltaram com espaços instagramáveis, experiência em 360°, entre outras atividades de entretenimento. Ah, e não se pode deixar de falar das áreas de acessibilidade e dos intérpretes de libras que estavam presentes em todas as atrações do arraial.

Além de tudo isso, o arraial também teve espaço para a vacinação contra a covid-19.

“É importante frisar que além da prestação de serviço para a cultura, o São João do Maranhão também presta um serviço social. Tivemos a participação de 24 beneficiários do programa Mais Renda que tiveram, por meio do São João do Maranhão, suas rendas aumentadas e estimuladas, a partir do arraial do Ipem”, disse o secretário Paulo Victor.

 

E vem aí o Arraial do Shopping da Ilha

Conforme prometido, serão 60 dias de programação junina, então, o público pode se preparar que tem mais São João até o dia 31 de julho. Começa no dia 14 de julho a programação do arraial do Shopping da Ilha (no Espaço Reserva, avenida Daniel de La Touche), com programação do governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, de domingo a domingo, incluindo atrações como grupos de bumba meu boi, danças juninas, shows musicais.

Para o Arraial do Shopping da Ilha, o governo do Maranhão também preparou quiosques e stands de venda de artesanato, além de espaços instagramáveis e para as crianças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.