Defensora dos direitos femininos, deputada Daniella lamenta e condena julgamento sofrido por Klara Castanho

A deputada estadual Daniella (PSB), Procuradora da Mulher na Assembleia Legislativa do Maranhão, tornou pública sua opinião sobre a exposição do caso de estupro sofrido pela atriz Klara Castanho, de 21 anos, e sobre o duro julgamento que a jovem sofreu após confirmar que engravidou do estuprador e, de forma absolutamente legal, entregou o bebê para a adoção.

Em vídeo publicado em suas redes sociais, Daniella lamentou o fato de Klara ter sido praticamente obrigada a se manifestar publicamente, por meio de uma carta aberta, sobre algo tão íntimo e doloroso que viveu após se deparar com publicações sensacionalistas sobre seu caso.

“Klara foi obrigada a expor um dos momentos mais trágicos de sua vida. Além disso, ela sofreu e vem sofrendo vários tipos de violência: foi violentada, exposta e julgada. Que mundo é esse?”, indagou.

A parlamentar também se solidarizou com a atriz e pediu mais empatia com as mulheres vítimas de qualquer tipo de violência.

“Eu emano boas energias, muita fé e minha solidariedade a todas as mulheres e meninas que, como a Klara, sofrem [violência] todos os dias. Esse mundo tá precisando de mais empatia, de gente que se coloca no lugar do outro, que respeite o outro, mas que, principalmente, coloque Deus sempre em primeiro lugar”, salientou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.